Você conhece as contingências fiscais que sua empresa precisa estar atenta? Para os gestores, esse termo já é familiar. As contingências são obrigações (fiscais, trabalhistas, contábeis, entre outras) a que uma empresa pode ser submetida caso não cumpra suas regulações como especificadas por lei. Dessa maneira, estaria o negócio passível de receber multas, cometer infrações ou pagar indenizações cíveis e criminais.

Estar de acordo com as normas que englobam o setor financeiro da empresa dá outra cara para o negócio. Além de prezar pelo futuro do empreendimento, o gestor demonstra para seus clientes seriedade, transparência e transmite confiança. O que reforçará uma imagem positiva da empresa e irá permitir fidelizar mais clientes.

Sendo assim, é importante a empresa manter uma alta qualidade na auditoria de seus processos, informações e dados. Assim como sempre observar possíveis atualizações nas leis contábeis. A seguir, abordamos com mais detalhes esses fatores para impedir que as contingências fiscais atinjam sua empresa.  

ORGANIZE SEUS DOCUMENTOS

A área da contabilidade deve ser organizada em primeiro lugar. Armazene todos os documentos e notas fiscais de fornecedores, planilhas, relatórios em locais específicos. Principalmente aqueles documentos que não estão em formato digital. Assim, no momento que você precisar de uma informação, encontrará o que precisa com facilidade.

Em segundo lugar, para a realização de uma auditoria fiscal, é necessário apresentar diversos tipos de documentos. Na realização de uma, são exigidos notas fiscais de entrada que incluem empresas, fornecedores, assim como as notas de saída. Livros fiscais e guias de impostos também precisam estar à mão.  

FAÇA UMA AVALIAÇÃO

Somente por meio de uma avaliação fiscal será possível identificar possíveis falhas ou riscos. Nessas horas, é necessário contar com uma equipe especializada que possa fazer essa avaliação tributária. Da mesma maneira, contar com a ajuda de profissionais contábeis pode auxiliar a manter as obrigações fiscais em dia.

Também é interessante fazer essas avaliações contra contingências fiscais periodicamente. Assim, você terá maior fiscalização sobre o setor e saberá onde pode melhorar.

USE SISTEMAS DE GESTÃO

Atualmente, sistemas de gestão possuem áreas destinadas ao controle fiscal. Elas podem estar integradas aos demais setores da empresa, assim como apresentar informações dos órgãos competentes pela auditoria. Adotar sistemas de gestão permite ter maior integração de dados, o que permite a empresa estar atualizada e preparada para auditorias.

Dessa maneira, escolha sistemas contam com essa possibilidade para a empresa. Em especial, com a inserção de normas fiscais que se adaptam à sua realidade.

CONTINGÊNCIAS FISCAIS: MONITORE AS NORMAS

O conjunto de normas fiscais podem sofrer alterações com novas legislações. Por isso, o ideal é monitorar possíveis novas obrigações que possam surgir. Afinal, é obrigação da empresa se adequar às regras novas e se manter em dia com o cumprimento de normas.

A melhor maneira é delegar a função para profissionais qualificados. A b2finance tem mais de 20 anos de experiência no ramo ao garantir economia fiscal para diversas empresas. Além de manter sua empresa atualizada contra qualquer contingência fiscal.

Ficou interessado? Entenda como podemos te ajudar: www.b2finance.com/outsourcing/

Referências: Mapa Jurídico