Monitorar: acompanhar, vigiar e simultaneamente analisar alguém, atividade ou funcionamento. O significado dessa palavra já aponta como é fundamental esse processo nas empresas, principalmente no setor de TI. O monitoramento permite identificar falhas e aumentar a produtividade da equipe. Dessa forma, o monitoramento de TI é uma das principais atividades conduzidas pelos gestores.

Sendo assim, se trata de uma tarefa contínua, que exige uma avaliação constante. Afinal, falhas em sistemas, lentidões e prejuízos decorrentes de softwares desatualizados são problemas comuns no trabalho de TI. Portanto, ter o conhecimento técnico e um planejamento estratégico para lidar com esses erros é fundamental.

Dessa maneira, falaremos como pode o gestor de TI colocar em prática o monitoramento de TI. Assim como os benefícios que essa solução proporciona. Ademais, se TI deseja atuar estrategicamente em uma empresa, precisa criar mecanismos para se aperfeiçoar e alcançar as metas do negócio.

MONITORAMENTO DE TI: DEFINA MÉTRICAS E KPIs

Conhecidos também como indicadores, os KPIs (Key Performance Indicators) são usados para avaliar o desempenho de processos específicos. Além disso, muitos gestores também usam KPIs estratégicos na área de TI para avaliar o desempenho da equipe. Dessa forma, faz parte do monitoramento de TI escolher quais processos têm relevância no setor, por meio de uma análise de sua capilaridade. Assim, observar os níveis de desempenho e alterar modos de trabalho se o gestor achar necessário.

Já as métricas são preestabelecidas e indicam o funcionamento, por exemplo, de hardwares ou softwares. Assim, fica fácil comparar medições e obter dados sobre suas condições de atuação. Com essas informações em mãos, os gestores de TI poderão traçar planos de estratégia para alcançar metas, melhorar o desempenho da equipe e tomar decisões baseadas em dados confiáveis.

AVALIE A QUALIFICAÇÃO DA EQUIPE

O monitoramento de TI exige uma equipe ou profissional especializado e atualizado. Dessa maneira, saberão como agir em caso de problemas e evitarão que os prejuízos sejam maiores. Além disso, a qualificação também abrange que o profissional identifique erros, trace soluções preventivas e mantenha a empresa em segurança.

Devido à extensa lista de obrigações dessa função, muitas empresas optam por terceirizar o serviço, buscando empresas especializadas na área. Afinal, não são todas as empresas que possuem uma equipe adequada para lidar com a tarefa. Assim, a terceirização é uma ótima alternativa que além de solucionar os problemas rapidamente, traz economia de recursos humanos e financeiros. Assim como permite que a equipe de TI interna foque em atividades estratégicas para a empresa.

CATALOGUE OS ATIVOS DE TI

Para obter um monitoramento de TI eficiente, é necessário conhecer todos os ativos de TI e como atuam. A melhor maneira de fazer isso é listar todos os ativos que compõem a infraestrutura de TI, incluídos servidores, sistemas, hardwares e componentes de redes. Em seguida, organizar segundo o nível de criticidade e em que processos estão envolvidos. Dessa maneira, gestor e equipe saberão a importância de cada ativo e poderão ter uma visão estratégica.

TENHA FERRAMENTAS BEM ADMINISTRADAS

Um dos erros mais comuns é escolher ferramentas e esperar que por si só resolvam os problemas. Entretanto, o correto é ter profissionais com o conhecimento necessário para operar tais ferramentas. Assim, será possível extrair o melhor desempenho dessas tecnologias, otimizar processos e realizar um monitoramento de TI assertivo. Também avaliar se os colaboradores possuem o currículo esperado e se é necessário realizar treinamentos.

GERENCIE CONFIGURAÇÕES

Não se esqueça: faça um gerenciamento de configurações periodicamente! Altere regras de firewall quando necessário, instalações de sistemas e aprimore configurações de segurança. Essas práticas ajudarão no monitoramento de TI, apresentando dados sobre modificações feitas, impedindo acesso de usuários não autorizados e alertando sobre gargalos na segurança.

Com essas ações, o monitoramento de TI será mais eficiente e contribuirá para o crescimento da empresa. Ao mesmo tempo em que o gestor poderá acompanhar e medir a produtividade de sua equipe.

Gostou do nosso artigo? Assine nossa newsletter e se mantenha atualizado sobre o setor de TI!

Referência: CIO