Não há dúvidas: a tecnologia faz parte do nosso trabalho, rotina e vida pessoal. Além de proporcionar ferramentas que facilitam nossas vidas, também transforma nossas profissões. Aliás, são raras as empresas que até hoje não fizeram um investimento em TI. E quando o assunto é economizar nessa área, a melhor opção pode estar na redução de gastos com Outsourcing.

Essa decisão se torna viável quando se quer cortar custos na empresa. Em geral, porque a contratação de colaboradores é dispendiosa e a alta concorrência demanda aumentar os lucros. Além disso, nem todas as empresas precisam de um colaborador fixo para determinadas funções.

Para suprir essa necessidade, surgiu a terceirização de equipamentos e serviços, o tal outsourcing. Assim, uma empresa externa tem a responsabilidade de fornecer os melhores profissionais ou aparelhos para seu estabelecimento. Assim sendo, o preço para realizar todo esse processo pode ser menor. Como isso acontece? Leia a seguir!

OUTSOURCING: ALTERNATIVA VANTAJOSA

Quando falamos de empresas que atuam na área de TI, é normal conviver com projetos e prazos. Quando não há um colaborador para atuar em um projeto específico, surge a principal dúvida dos gestores do ramo. Contratar um profissional com carteira assinada ou recorrer aos serviços do Outsourcing?

A última opção é a mais escolhida ultimamente. Ademais, cresce o número de empresas especializadas em terceirização. E com elas, podemos ter a eliminação de um processo complexo: processo seletivo, entrevista, contratação e demais passos. Para quem precisa de um projeto finalizado em uma data fechada, esse modelo de seleção pode atrasar os trabalhos.

Além disso, a contratação por CLT envolve gastos e burocracias que pesam no bolso do empresário. Ao ter um profissional terceirizado, é a empresa externa quem arca com as despesas de seleção. Assim como, oferece para o contratante um profissional com preço fixo de maneira rápida e eficaz. 

GESTÃO ESTRATÉGICA E ECONOMIA

Se o outsourcing permite o corte de despesas, também viabiliza uma gestão mais produtiva. De fato, o gestor consegue se concentrar no planejamento e execução do projeto de trabalho. Pois, não precisa se preocupar com problemas de novos colaboradores (é responsabilidade da empresa externa) bem como com a integração do novato na equipe. Afinal, seu prazo no projeto já tem data limite. 

Outra vantagem está no perfil dos profissionais indicados pelo outsourcing. Por ser tratar de um processo em que a contratação do perfil correto é o mais importante, há maior concorrência. Com isso, mais pessoas buscam se atualizar para serem a primeira opção da empresa de terceirização.

Portanto, profissionais atualizados com o mercado, caracterizam redução de gastos com outsourcing. Eles próprios financiam seus estudos para se manterem em destaque. Assim, há maior eficiência e produtividade na execução do projeto na empresa.

PARA ALÉM DE REDUZIR GASTOS COM OUTSOURCING

Cortar custos e manter a qualidade, esse deve ser o objetivo do gestor da área de TI. E isso é possível, como já demonstramos com o outsourcing. Quer reduzir mais seus gastos? Considere essas opções:

  • Migre para a nuvem: Use dispositivos terceirizados e migre sua infraestrutura de TI para a nuvem. Gastos com outsourcing novamente são menores ao ser usar equipamentos externos. E, dados na nuvem trazem também mobilidade e segurança.
  • Atualize seus sistemas: Analise a eficácia e performance dos seus sistemas. A economia pode estar em ter sistemas integrados e atualizados.
  • Automatize processos: Na área de TI, é possível automatizar muitos processos, principalmente os que são repetitivos. Como consequência, se poupa tempo e dinheiro, além de minimizar falhas humanas.

Esperamos que você tenha gostado das nossas dicas! Quer saber quanto você gasta com o seu TI? Clique aqui e faça uma simulação.

Referências: CBDS, Grupo Fatos