As informações, em qualquer tipo de empresa, precisam ser encontradas facilmente: é assim que se deixa a administração mais dinâmica, o atendimento mais eficiente e, principalmente, deixa-se visível aos consumidores que há uma boa gestão e organização. Contudo, existem milhares de informações dentro de uma companhia, as quais necessitam da mão da tecnologia. Há diferentes tipos de ERP que podem ser adotados nesse sentido.

Como você bem sabe, o apoio que esse software oferece é fundamental para todos os departamentos. Porém, para que seu uso faça sentido e entregue os resultados esperados, é preciso escolher a opção certa. Ou seja, o sistema que melhor atende as necessidades do seu negócio. Você sabe bem quais são elas?

Mapeie e mensure suas demandas e, então, entenda como o seu ERP dialoga com a sua realidade. Fique por dentro!

5 tipos de ERP

Assim como os negócios são muito distintos, os tipos de ERP também são variáveis. Na verdade, isso é ótimo, pois há soluções específicas para cada empreendimento. Por outro, é importante também estar atento às limitações de cada uma delas.

Conheça a seguir! 

1. ERP para pequenos negócios

Focado em pequenos negócios, este sistema tem forte apelo junto a empreendimentos que estão no início e não têm condições de arcar com soluções mais robustas e versáteis.

Parecido com o “ERP Engessado”, o software, contudo, não oferece recursos capazes de evoluir de acordo com o crescimento da empresa. Assim, podem causar situações problemáticas em longo prazo. 

2. ERP Legado

O ERP Legado é um dos mais conhecidos tipos de ERP, mas que, porém, está defasado. Isso porque sua tecnologia não foi atualizada com o tempo. Assim, apresenta dificuldade na manutenção e na integração de informações, por exemplo. Quando o negócio avança, este ERP não é capaz de acompanhá-la.

Devido a fatores como esses, diversos custos podem surgir, tornando o sistema dispendioso e as operações travadas.

3. Back Office para lojas virtuais

Mais um dos tipos de ERP é o Back Office para e-commerce. O espantoso crescimento das lojas virtuais fez com que fosse preciso que elas estivessem mais conectadas ao restante do gerenciamento de dados do negócio.

Seu surgimento se deu por conta das limitações na integração das plataformas de comércio eletrônico com os ERPS Legados. A partir daí, os Back Offices foram enriquecidos com diversos módulos e funcionalidades.

Um setor no qual eles são muito importantes é o de logística reversa, que envolve a devolução de produtos e sua troca. Assim como na logística tradicional, quando é a empresa que envia os produtos para o consumidor, a Logística Reversa também necessita ser rápida. É preciso um sistema informatizado para que todos os dados sobre a compra em questão sejam conferidos.

O processo de faturamento do e-commerce também é otimizado com um Back Office. O sistema assume a emissão de notas fiscais, agilizando a logística interna da loja, por exemplo.

4. ERP gratuito

Há o ERP gratuito pode aparentar ser atrativo para as empresas, mas também possui pontos negativos. Apesar de o software em si ser de graça, quase todos os que o usam precisam de orientação extra, tais como as consultorias. Assim, a empresa gasta quase o mesmo: em vez de gastar com o ERP escolhido, tem custos com um profissional para orientar o funcionamento dele.

5. ERP Omnichannel

Este tipo, embora exija maiores esforços de investimento no início, oferece maior flexibilidade para as necessidades variáveis e escaláveis do negócio.

O ERP voltado ao omnichannel pode ser integrado com diferentes meios de pagamento, instituições financeiras e plataformas, como lojas virtuais, aplicativos e marketplaces. Além disso, oferece recursos avançados de SAC, gestão de estoque, CRM nativo e BI (Business Intelligence), entre muitas outras vantagens.

Existem ainda outros tipos de ERP. O importante é ter consciência de que aquele que você utiliza precisa de suporte e outras soluções próprias, focadas em seu melhor aproveitamento, ok?

Para continuar acompanhando as novidades, assine nossa newsletter. Com ela é mais fácil ficar atualizado 😉